a crise!

temo-nos debatido todos os dias ao telemóvel, sobre qual será o melhor mês para começarmos isto de uma vez por todas. março não, que é muito cedo. agosto não, que é muito tarde. junho não, porque é muito calor. abril não, porque abril, águas mil. ora bolas. tenho que dizer se fico até julho ou se saiu em março. eu tenho que ver se saiu em fevereiro ou fico até maio. não se chega a conclusão nenhuma.

finalmente, andava eu aqui às voltas às tantas da manhã, metido por debaixo do meu manto, quando se me deparo com outra questão. e esta coisa da crise? nunca pensei nisso. o que será que a crise tem a dizer sobre a nossa viagem. em que é que esta coisa da crise nos poderá afectar? prontifico-me comigo mesmo a pesquisar sobre a situação no "mercado" de viagens de outros viajantes, aqueles que já por cá passaram e aqueles que, não estando a viajar neste momento têm, também eles, opinião sobre a coisa. de duas coisas cheguei eu à conclusão: 1ª - os que andam a viajar, não sabem o que é isto da crise. 2º - os que acabaram de viajar dizem, sem qualquer dúvida, que se há uma boa altura para o fazer, essa altura é agora!

li também que a islândia, país que entrou na bancarrota, é hoje um dos destinos de eleição. as coisas estão baratas, os hoteis baratos, as viagens baratas! li também que, com esta coisa da crise, tudo está mais acessível. não há tanta gente a viajar, o que é bom, pois além de haver muito menos turistas em todo o lado, as coisas estão muito mais em conta!

por outro lado, poderemos pensar que é melhor segurar o emprego que temos, do que estar a arriscar neste momento. e eu penso assim: se a crise continuar a esta velocidade, nenhum emprego será seguro num futuro próximo e se eu estiver a viajar, nem dou por ela. ando despreocupado, com a cabeça nas nuvens, sem horários, sem acordar todos os dias a pensar...na crise! se a crise acabar entretanto, melhor, quando voltarmos, a tempestade já passou, estaremos em tempo de progresso e, com toda a certeza, seremos apanhado na onda! viva!

chego à conclusão então, que a melhor altura, é mesmo esta! é preparar o farnel, a marmita, o mapa e dizer à crise que, nos próximos tempos, vamos gozar dos seus benefícios...eu sabia, afinal há sempre alguém a beneficiar com isto!!!

orgulho-me desta minha capacidade de ver as coisas sempre com tão grande optimismo!!!

2 comentários:

Sofia disse...

Só assim o mundo avança...

ratodocaster disse...

Nem parece um portugues a falar. Se fossemos todos assim portugal estava muito melhor.

Posts mais populares