os filhotes

a nossa primeira experiência, com quase tudo montado e com os cães, correu bem...melhor do que o previsto! a preocupação de viajar mais pesados, deixou de ser preocupante a partir do momento em que testámos o peso dos nossos filhotes nas nossas bicicletas. o mais complicado no meio de tudo isto, são duas coisas: o equilíbrio e o pensamento eterno de que irão saltar em andamento. se no primeiro caso, correu bem, já no segundo, as previsões...aconteceram! primeiro foi o t! devia achar que já estava há tempo demais dentro de um caixote azulinho e então, num momento de subida de passeio, achou-se capaz de voar! resultado? um grande tralho no chão! quando olhámos para trás, vinha a mancar...todo torto! depois de colocado outra vez no cesto, foi direitinho e não mais se mexeu! no entanto, e depois de todo esta "tragédia", a duda achou-se no direito de não fazer o mesmo, mas melhor! ai o gajo atira-se da bicla e eu fico cá dentro? nah! - pensou ela. e, sem qualquer adereço como uma simples capa de super-cadela, atira-se a uma velocidade de 13km/h e quando olho para trás, está ela a capotar duas ou três vezes, levantando-se de seguida, sem mancar, sem andar torta, sem choramingar! ah gaja do caraças...com 11 anos e meio, não diria que serias capaz de tal proeza! levaram os dois uma "ralhadela" gigante e, nos 15km que se seguiram, foram direitinhos e só lhes via as orelhas de vez em quando. no entanto, lá fomos gritando, de quando em quando...aí...aí...aí!

domingo, se tudo correr bem e não estiver a chover torrencialmente hão-de ir bem mais longe, lá para os lados de ossela! são mais quilómetros, há mais montanha e mais aventura! daremos notícias!

Sem comentários:

Posts mais populares