um pequeno apontamento vindo de espanha!

amigos, estamos neste momento em tudela, a caminho de carcastillo, vindos de ágreda! se todos estes nomes não vos são familiares...é normal! chegados ontem, decidimos ficar duas noites a aproveitar que temos um sofá que não abre para cada um e conseguimos, sempre que queremos, olhar para dentro de uma casa de banho e perceber que elas existem, com lavatório e chuveiro, pelo menos! desde que saímos do conforto da casa da ana joão vide, em madrid e, logo uns quilómetros depois, da casa de uma cicloturista em guadalajara (não, não é essa no méxico, é mesmo em espanha) nunca mais, por 3 dias, tivemos um banho que o pudéssemos ver como completo! cheguei a lavar a cabeça (rafael) num lavatório de um café, algures, numa terra que não me lembro o nome, mas que tinha umas tostas com tomate muito boas e se fumava dentro do café...como em todos. depois, e porque não me quero alongar no texto, já que esperamos fazê-lo mais à frente, foram dias de frio, a abrir o olho com 4 graus e a quase não conseguir mexer os dedos para fazer qualquer coisa. agora, nos 200 metros acima do nível do mar, a coisa está melhor, mas sabemos que isto vai começar a arrefecer já a partir de amanhã, quando começarmos a entrar na base dos pirenéus! aí vai aço...

Sem comentários:

Posts mais populares