a índia de inácio rozeira

acabamos de sair, mais uma vez, do terra de ninguém e, mais uma vez, uma fusão de algo inexplicável, mas que se pode traduzir numa inveja saudável, volta a apoderar-se do nosso corpo que sofre uma depressão pós-viagem. não é fácil. não é fácil ouvir sair da boca do inácio rozeira, palavra tão fantástica como índia! as cidades! os transportes! as pessoas! a gastronomia! a cultura! a religião! os rituais! os sorrisos! não é fácil ouvir tudo isto e voltar para casa, na rua de valdonas, subir a escadaria de 2 andares e encontrar a cama cor-de-laranja, onde vamos dormir, mais uma vez, esta noite. não é fácil. quem quiser saber mais sobre esta viagem para onde o inácio parte já para a semana, pode informar-se aqui!

2 comentários:

terra de ninguem disse...

Vá, sem dramas... vocês acabaram de chegar de uma SUPER viagem, não se queixem!!
E quanto à cama cor-de-laranja na rua valdonas: bem bom! Com este temporal, não me digam que preferiam andar por aí a pedalar :)))
beijinhos
h.

Nomad - Evasões e Expedições disse...

um abraço amigo

Tiago Costa
www.nomad.pt

Posts mais populares